Um pouco de androginia

Sensibilidade. Inquietude. Dúvida. Necessidade de equilíbrio afetivo. Confusão.

Estes sentimentos, eminentemente femininos, frequentemente permeiam a mente das mulheres, sobretudo quando estão experimentando conflitos internos ou quando estão com um mal-estar  relativo à pessoa amada.

Porém, artistas renomados têm aberto suas portas e permitido que essas questões gritem alma adentro, lapidando-as e transformando-as em música. Alguns de maneira tão intensa que acabam por imbuir-se nesse universo e em tudo o que ele traz à tona de forma extremamente autêntica e contundente, e o resultado disto, claro, tem sido frutífero e marcante.

Enquanto uma gama considerável de homens gastam seus preciosos minutos discorrendo acerca de temas previsíveis como auto-afirmação-másculo-hormonal, conquistas, diversões etílicas ou esportes, outros fazem poesias sonoras, na maioria das vezes, confessionais.

Ilustrando isso, pode-se citar David Bowie com  seu estilo glam rock, artista setentista e londrino que dispensa apresentações, dada a sua trajetória antológica, vanguardista e brilhante. Entre alguns de seus petardos estão “Absolute beginners”, em que ele diz: “As long as we´re together, the rest can go to hell, I absolutely love you, but we´re absolute begginers, with eyes completely open, but nervous all the same1, “Oh! You pretty things” e “Queen bitch”: (“She’s so swishy in her satin and tat, In her frock coat and bipperty-bopperty hat, Oh God, I could do better than that”)2, que, indubitavelmente desvela seu lado tendenciosamente feminino.

Já nos anos 80, Morissey com a sua banda The Smiths – que já se encaixou em categorias musicais como indiepop rock e ate pop – de Manchester, Inglaterra, virou-se do avesso através de suas canções. Ele é a própria música. Sua voz e performance inconfundíveis foram, sem dúvida,cruciais para vitalidade da mesma.Entre elas estão “Ask” (“Coyness is nice, and Coyness can´t stop you, From setting all the things in, Life you’d like to”)3 e “Stop me if you think you´ve heard this one before”.

Duran Duran, banda inglesa “new romantic” também oitentista, encabeçada pelo vocalista Stephen Duffy, detentor de uma voz tenra, suave e sexy, conferia à banda uma atmosfera difenciada das outras bandas de mesmo estilo. Entre seus sucessos podemos citar “Come undone” e ”The reflex”, que diz: “ You gone too far this time, but I’m dancing on the Valentine, tell you somebody’s fooling around with my chances on the dangerline4 e “The seventh stranger”.

Placebo (Steve Forrest, Stefan Olsdal e Brian Molko)
Placebo (Steve Forrest, Stefan Olsdal e Brian Molko)

Finalmente, surgidos na mesma década, estão as bandas Placebo (Londres) de gênero rock alternativo/glam rock e Suede (Reino Unido) no estilo britpop. Os vocalistas dessas bandas (Brian Molko e Brett Anderson, respectivamente) tem um ponto em comum, que é o fato de suas vozes serem extremamente andróginas, assim como suas compleições físicas lânguidas, comportamento, trejeitos….

Do Suede destacamos “Animal Nitrate” e “Obssesions”: “ It’s the way you pick your clothes off the floor, It’s the way you scratch your skin when you yawn, It’s the t-shirts that you choose, like you’re in the Air Force, Yeah the language that you use reacts like chemicals5 e “The 2 of us”. Do  Placebo “Without you i´m nothing” (com participação de Bowie), “Breathe underwater” e “Plasticine” (“ The only thing you can rely on is that you can’t rely on anything, don’t go and sell your soul for self-esteem, don’t be plasticine”)6.

CONFIRA ABAIXO ALGUMAS FOTOS DE DAVID BOWIE, BIAN MOLKO (PLACEBO) E BRETT ANDERSON (SUEDE)

Traduções:

  1. “Contanto que estejamos juntos, o resto pode ir para o inferno, eu absolutamente amo você, mas nós somos principiantes absolutos, com olhos completamente abertos, mas igualmente nervosos”;
  2. “Ela é tão fresca em seu cetim colorido, com seu casaco longo e seu chapéu espalhafatoso, Oh Deus, eu poderia fazer melhor do que isso”;
  3. “A reserva é legal, mas a reserva pode te impedir de dizer todas as coisas que você gostaria de dizer na vida”;
  4. “Você foi longe demais desta vez, mas eu estou dançando em cima do cartão do dia dos namorados, digo pra você que alguém andou brincando com as minhas chances até não poder mais”;
  5. “É o jeito com que você pega suas roupas do chão, É como você coça suas costas enquanto boceja, São as camisetas que você escolhe, como se estivesse na Força Aérea, é a linguagem que você usa, que reage como química com a minha”;
  6. “A única coisa na qual você pode confiar é que você não pode confiar em coisa alguma, não saia por aí vendendo sua alma por auto estima. Não seja camuflada”.
  • Ai, que galeria showwwwwwwwwwwww

    Sempre me senti atraída por homens sensíveis. Aí meu irmão machista dizia: “Tu só namora com viado”.

  • Priscila Molko

    Excelente materia, todas as bandas citadas são maravilhosas e seus vocalistas extremamente sexys! especialmente bowie querido… ai ai

  • João Aquina

    Vi a revista Jc, e tinha uma matéria sobre moda adroginia, aí entro aqui, e três dias antes vocês colocam esse texto. Pow, melhor impossível. Vou vir sempre por aqui. Música e moda; Dezzzzzz. E o estilo, bem rock.